Anderson Jacson </a>  
Login

Menu

5 visitantes online (1 na seção: Artigos e Dicas)

Usuários: 0
Visitantes: 5

mais...

SmartSection is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of INBOX Solutions (http://inboxinternational.com)
Linux >
Publicado por Anderson em 29/7/2009 (1950 leituras)

Como solucionar o problema “WARNING! Your cache is running out of filedescriptors” no SQUID rodando em Debian?

Li muito a respeito e para cada distribuição ou sitema operacional (como FreeBSD), solução é igual, aplicada de forma diferente.

Esse aviso no log diz que o SQUID está tentando acessar mais arquivos do que lhe é permitido. Isso causa lentidão no acesso a web e assim começa uma ação em cadeia que faz que o usuário não acesse nenhum site.

A solução então aumentar esse limite, que no Debian é de 1024 por padrão. Existe um arquivo que devemos editar:

/etc/default/squid

#
# /etc/default/squid    Configuration settings for the Squid proxy server.
#
# Max. number of filedescriptors to use. You can increase this on a busy
# cache to a maximum of (currently) 4096 filedescriptors. Default is 1024.
SQUID_MAXFD=1024

Observe que a linha SQUID_MAXFD define o valor em 1024, que pode ser alterado para no máximo 4096 sem ter que recompilar nada. Para um valor maior, será necessário a recompilação tanto do SQUID quanto de alguns módulos do kernel.

Depois de alterar, basta reinicializar o processo do SQUID

/etc/init.d/squid restart

ou

/etc/init.d/squid stop && /etc/init.d/squid start

Aqui funcionou. Ainda temos outros problemas aqui em relação ao cache, mas é mais em questão de hardware limitado do que configuração. Mas isso é assunto para outro post.

Post COPIADO na cara de pau de: Eli Rios

 Também faça isso:

ulimit -n 

isso vai checar o valor atual. o Default é 1024

para alterar para 8192 por exemplo:

ulimit -n 8192


Have Fun.

 


Navegue pelos artigos
Artigo prévio ErroTLS definition in /lib/libc.so.6 section .tbss mismatches non-TLS reference in substdio.a(substdo.o) no Qmail Próximo artigo
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Pesquisa